Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

Vai mudar de casa? 10 Dicas que vão ajudar!

Mudar de casa nem sempre é fácil e principalmente nos dias que correm são cada vez mais os jovens que procuram casa para se tornarem independentes.

 

A pensar nessas decisões apresentamos 10 Dicas para quem vai mudar de casa. Tudo isto de uma forma muito clara e que certamente fará muita diferença para quem vai mudar de casa.

 

10-dicas-para-quem-vai-mudar-de-casa.png

 

Em primeiro lugar o planeamento entre a data da mudança e os serviços prestados é algo que deve ficar definido em primeiro lugar. Tentar perceber quais sãos os melhores serviços e partir de que data é que poderá ficar tudo em ordem para o dia da mudança, sendo que normalmente demoram entre 2 a 7 dias.

 

Outra dica fundamental para quem vai mudar de casa é fazer uma espécie de inventário dos objectos, móveis e utensílios que vai levar. Esta é a melhor forma de controlar o que já tem e o que ainda poderá vir a faltar!

 

A terceira dica pode custar um pouco mas o passado deve ser deixado para trás. Roupa que já não utilize pode doar, nunca se esqueça que o lixo de uns é um verdadeiro tesouro para outros. Objectos antigos que não façam sentido na nova casa, podem ser deixados em casa dos pais.

 

Organizar aquela gaveta que tem tudo e mais alguma coisa é uma boa dica para não deixar nada importante para trás.

 

Outra dica para quem está a mudar de casa é ter sempre em atenção que ninguém é super herói, por isso, chamar um bom grupo de amigos ou familiares para ajudar a carregar caixotes é sempre uma boa hipótese.

 

Como organizar as coisas? A melhor dica para quem está a mudar de casa é colocar tudo em caixotes de papelão.

 

Sejam eles grandes ou pequenos são sempre a forma mais rápida de transportar objectos.

 

À medida que vão empacotando os pertences, uma dica que vai ser fundamental é a utilização de um marcador ou etiqueta para identificar o conteúdo. Da mesma forma que o conteúdo mais frágil deve ser devidamente identificado para não acontecerem imprevistos!

 

Outra dica muito útil para quem vai mudar de casa é dar sempre prioridade aos artigos mais frágeis e aos pertences mais importantes.

 

Não encaixote tudo sem preparar a mala de emergência. Este saco deve levar os objectos que podem vir a ter uso imediato, como por exemplo, produtos de higiene, toalha, KIT SOS caso alguém se magoe, carregador de telemóvel, garrafa de água, carteira, lanche rápido caso seja preciso repor energias etc.

 

Tudo descarregado? Agora a dica para não desesperar é começar a arrumar as coisas divisão por divisão. Se for dividir a casa com alguém e começar um para cada lado, a casa pode ficar numa verdadeira confusão.

 

10-dicas-para-quem-vai-mudar-de-casa-2.png

IRS 2017: Prazos de Entrega e Regras - Mudanças ao preencher a declaração

Todos os anos são lançadas novas leis, todos os anos são lançadas novas regras. Hoje aqui pelo N Dicas vamos abordar as questões do IRS 2017: Prazos, Regras e Mundanças.

 

Este assunto é super importante e muitas pessoas procuram esta informação e por isso mesmo achamos bem partilhá-la consigo, para que desta forma possa ficar a par das novidades para 2017.

 

irs-2017-prazos-regras-e-mudanças-2.jpg

 

Relativamente à entrega do IRS em 2017 com os rendimentos de 2016 faz-se na seguinte forma: Pensionistas/Reformados (Categoria H) e Trabalhadores por conta dependente (Categoria A) são entregues de forma automática, sendo que nos restantes casos a entrega do IRS anual é obrigatória.

 

A entrega de IRS de forma automática é uma realidade e para que não surjam dúvidas vamos esclarecer melhor este ponto. Ou seja, os rendimentos pagos pelo empregador, as despesas do sistema e-Fatura, os recibos de renda eletrónica etc., são informações enviadas ao longo do ano diretamente à Autoridade Tributária e Aduaneira. Com base na informação recebida até dia 15 de Fevereiro, o sistema efetua o IRS de forma automática, sendo que o contribuinte pode verificar e alterar dados. A partir da confirmação do contribuinte, a declaração de rendimentos é considerada entregue.

 

Nota – O contribuinte poderá reclamar de alguma incorreção detetada, assim como entregar uma declaração de substituição nos 30 dias seguintes à liquidação, sem sofrer qualquer tipo de penalidade.

 

Outra alteração para IRS 2017 muito importante: Datas de entrega de IRS. Estes passam a ser entregues num único prazo, seja ela feita em papel ou entregue pela internet. Os contribuintes deverão entregar o IRS em 2017 entre o dia 1 de Abril e 31 de Maio, independentemente do tipo de rendimentos recebidos.

 

A opção de tributação conjunta ou separada foi alargada e temos novas regras para IRS em 2017: Este ano já vai ser possível entregar IRS em conjunto, mesmo se o casal entregar o IRS fora do prazo legal. Desde sempre que estas regras estavam vedadas por lei, sendo que o casal após determinada data teria de entregar individualmente. Finalmente temos o prazo alargado para 2017.

 

Os escalões de IRS também sofreram alteração, não relativamente à sua quantidade, visto que continuam a ser cinco os escalões de IRS para 2017, mas os seus valores aumentaram e são os seguintes:

1) Rendimentos até 7091€ apresentam uma taxa média de 14,50% não tem nenhum custo;

2) Rendimentos >7091€ até 20.261€ apresentam uma taxa média de 23,60%, o que se traduz numa parcela de 992,74€ a abater;

3) Rendimentos >20.261€ até 40.522€ apresenta uma taxa média de 30,30%, o que se traduz numa parcela de 2.714,93€ a abater;

4) Rendimentos >40.522€ até 80.640€ apresenta uma taxa média de 37,61%, o que se traduz numa parcela de 5.956,69€ a abater;

5) Rendimentos >80.640€ tem que abater 8.375,89€.

 

irs-2017-prazos-regras-mudanças-como-vai-ser.jpg