Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

Obras a cargo do Senhorio e Despesas para IRS

Sabe quais são as obras ao encargo do senhorio? E o inquilino pode ser reembolsado pelas obras que possa fazer?

Este artigo vai esclarecer todas as suas dúvidas.

 

OBRAS A CARGO DO SENHORIO:

- Todas as obras são a cargo do senhorio, a não ser que, senhorio e inquilino tenham acordado o contrário por escrito. Se o senhorio não fizer as obras necessárias, o inquilino pode cancelar o contrato;

- Se o inquilino quiser fazer obras precisa de autorização por parte do senhorio, a não ser que seja algo urgente, como uma inundação;

- Se o senhorio demorar muito a tratar das obras, o inquilino pode avançar e tem direito a reembolso das obras licitamente feitas. Deve guardar todos os comprovativos de pagamentos;

- Os contratos podem ter cláusulas que não permitem pedidos de indemnizações por parte do inquilino se fizer obras, mesmo sendo autorizadas pelo senhorio;

- O inquilino pode fazer pequenas alterações estéticas, como por exemplo, furos para pendurar quadros ou para colocar aparelhos;

- Apesar destas alterações, o inquilino deve preservar e entregar a casa no mesmo estado em que foi entregue.

 

obras-do-senhorio-e-despesas-irs.jpg

 

 

DESPESAS IRS: OBRAS A CARGO DO SENHORIO

 

As obras a cargo do senhorio podem ser deduzidas, mas não podem é ser superiores ao valor de rendas recebido nesse ano. Pode também deduzir despesas de condomínio, seguros e IMI. Todas estas despesas vão para o quadro 4 do anexo F na declaração IRS

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.