Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

  • Valor Subsídio Alimentação 2017 - Tudo o que deve saber!

    Sempre que entramos para um novo trabalho adoramos saber qual será a nossa futura remuneração e uma das coisas às quais nós estamos atentos, além da remuneração base é o valor do subsídio de alimentação.

     

    Pois bem, hoje aqui pelo N Dicas vamos abordar a questão do valor do subsídio de alimentação para 2017 e tudo o que deve saber a esse respeito.

     

    valor-do-subsidio-de-refeiçao-tudo-o-que-deve-sab

     

    O subsídio de alimentação ou de refeição como lhe queiram chamar é um benefício social concedido pela empresa, seja ela pública ou privada. Desde 2009 que o subsídio de refeição se mantinha nos 4,27€ e este ano 2017 o aumento de 0,25€ do subsídio de alimentação por dia sobe o valor total para os 4,52€, o que acompanha a subida do salário mínimo para os 557€.

     

    Agora que estamos no final do mês de Janeiro e segundo o que ficou acordado no orçamento de estado, é oficial que o subsídio de alimentação é de 4,52€ por dia e até este valor, o Estado estipula que o trabalhador não está sujeito a pagar IRS e Segurança Social.

     

    No entanto, ainda existem empresas que pagam o subsídio de refeição através de vales ou cartões de refeição em que o valor da isenção deste método é ainda mais elevado, ou seja, até aos 7,23€ não pagam impostos se for pago em vales ou cartão, a partir desse valor é aplicado o valor de imposto.

     

    No meio destes valores todos, frisamos à pouco que o subsídio de alimentação era o benefício concedido pela empresa aos trabalhadores, pois na lei não está previsto que este pagamento é um direito dos trabalhadores, nem tão pouco se encontra veiculado no código do trabalho.

     

    A verdade é que o subsídio de refeição não pode ser considerado como um subsídio de Férias e de Natal.

     

    Por isso, quando for a uma entrevista, se não lhe pagarem o subsídio de refeição fique contente porque a empresa poderia não conter esse valor no contrato de trabalho.