Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

N Dicas

As melhores dicas de finanças, automóveis, emprego, formações, saúde e lifestyle!

  • Estágios IEFP: Quem pode candidatar-se?

    Todos nós queremos uma oportunidade de trabalho no mundo laboral, seja por conta própria seja por conta de outrem.

     

    A verdade é que a procura de estágios profissionais tem aumentado ao longo dos anos e a pensar nesta questão decidimos abordar o tema dos estágios profissionais, mas afinal, quem pode candidatar-se?

     

    estagios-iefp-quem-se-pode-candidatar.jpg

     

    Em primeiro lugar para puder frequentar um estágio elegível pelo IEFP tem que estar inscrito no serviço de emprego do IEFP com as seguintes condições: desempregado ou trabalhador com contrato suspenso, com o devido fundamento do não pagamento pontual por parte do empregador.

     

    Além destes dois primeiros aspectos que são fundamentais, tem ainda que reunir as seguintes condições: Jovens com idades entre os 18 e 30 anos de idade, detentores de uma qualificação de nível 2,3,4,6,7 ou 8 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ). Pessoas com idade superior a 30 anos que tenham obtido algum grau de qualificações à menos de 3 anos, que estejam à procura de um novo trabalho e que não tenham exercido nenhuma actividade profissional nos 12 meses anteriores à selecção pelo IEFP.

     

    Contudo, apesar de existirem estas exigências, em algumas situações existem restrições, como por exemplo, a idade não tem limite nem são exigidos quadros de qualificações a pessoas com deficiência ou incapacidade, pessoas que integrem famílias monoparentais, pessoas cujos cônjuges com quem vivem em união de facto se encontrem igualmente inscritos como desempregados no IEFP, vítimas de violência doméstica e toxicodependentes em processo de recuperação.

     

    Relativamente aos jovens estrangeiro, também eles podem candidatar-se ao estágio IEFP! Contudo, precisam de apresentar uma declaração com o reconhecimento do grau académico, através de uma equivalência dada por uma instituição de ensino nacional, ou outra entidade competente e devem ser também portadores de um título que permita a residência em Portugal. Com estes dois documentos, os jovens estrangeiros podem perfeitamente inscrever-se como candidatos a emprego ou como utente.

     

    quem-se-pode-candidatar-a-estagios-iefp-2.jpg